Socieade

ADL MC's

exibições 1.484

Adl mcs, So + 1 crew, Dep sequencial
Namoral, é o papo, iih ta legal.

Guerra civil no jornal sociedade desigual o big brother da favela quem apresenta nao é o Bial
transmiçao digital em meio a rede nacional, no pais do real vagabundo passa mal
revoluçao sem medo, representando os guerreiros, revolucionarios que lutaram contra o preconceito
2 Pac, Che Guevara, Bob Marley, Mahatma Gandhi mas perto de Jesus me diz qual deles foi grande
batimento cardiaco aqui pulsando com a batida, ritmo é na poesia com a energia positiva
pobresa, humildade, riquesa, sabedoria nossa tristesa de cidade com algumas gotas de alegria
detesto ipocrisia oque eu penso é verdadeiro, rap de Teresopolis hip hop brasileiro, rio de janeiro
onde a chapa fica quente 40 graus na real e literalmente, varias favelas e vielas nas ruas quantas
sequelas crainças sendo arrastadas jogadas pela janela , na tela nao é novela
infelizmente é a vera culpa de um sistema falho que invadiu a nova era o egoismo egocentrismo
empurrando pra um abismo, capitalismo é fruto do proprio sinismo otimismo com a unsao esse som
é reaçao daquele que antes nao evitou uma contra mao, seguindo o fluxo eu vou nadando a favor da
corrente nao deixo a vida me levar porque so Deus que leva a gente, estilo livre e independente eu
sigo sempre em frente dread look, skate bord o hip hop conciente.

A vida é uma escola e no rio de janeiro com humildade deita e rola nao fica de bobeira nao joga
conversa fora, agora eu to que to sofri e padeci por isso sou oque sou (2x)

Eu ja to preocupado de verdade, que tu nem sabe nada de graça se interassam no valor do Deus lhe page
eu nao sou bobo ninguem gosta e aceita viver com pouco, tambem quero hilux, rolex e cordao de ouro
mas a cruz que pesa no pescoço e toda verdade que oque eu tenho de valor sao minhas rimas e honestidade
dignidade e honestidade onde eu carrego meu nome, seu doutor nao sou play boy mas sempre fui sujeito
homem e arrisco a te dizer que aprendi a sobreviver onde aparencia nao vale filho chora e a mae nao vê
dinheiro, carro, ouro, prata nada disso salva todos morrerao e serao comido por lavas, seu povo nao
tao sofrido quanto o meu nem tao valioso quanto o meu cê se esqueceu, nao questione faça vai, gaste seu
dinheiro imundo, enquantas tao ganaciosas eu fortaleço meu conjunto porque o rap é roupa larga
mas sempre correndo atras, nao me deixo ser atraido por bens materiais eu preso meu miolo honro a
pele de criolo se estiver contra os meus principios nao tem desenrolo, cabuloso passifico e feito de otario
mas nao sou alvo das piadas do joao plenario, Harley, bota a cara voce atras da gravata e para um
minuto pra ver o quanto tu mata, mas nao eu sou pobre e boto o pé na sua mesa, voce fecha sua janela
pra nao ver tanta pobresa uns tem muito varios tem pouco demais homens de terno criaturas irracionais,
tenho sangue de guerreiro desse som nasci herdeiro é a poesia de igualdade de um pobre brasileiro

A vida é uma escola e no rio de janeiro com humildade deita e rola nao fica de bobeira nao joga
conversa fora, agora eu to que to sofri e padeci por isso sou oque sou (2x)

Nego que rouba um kilo de arroz fica preso um tempao, outro que usa um terno caro ta impune rouba
1 milhao, porcos que vivem de lavagem sempre pensando em um plano se tu é espero entendeu a lavagem
que eu to falando num pais de tanto imposto e anos de dedicaçao, populaçao precisa de saude e educaçao
pois to cansado de ver tanto menorzinho jogado, abandonado, largado, viciado juntando uns trocados
pra comprar crack fuma acha que vai melhorar quando a onda acabar o problema dele vai voltar entao
deputado safado anda num onibus desgovernado, querer pensar no pobre mas que rala ao quadrado
nunca ta duro nem apé é cheio da preguiça ele tem tudo que precisa cartao conta na suiça mulher ele
pega a mercenaria que quiser entra na loja e compra tudo de interessante que tiver me diz neguin
pra que tanta ignorancia, tanto carro, tanta casa, iate, quanta estravagancia
( tanto carro, tanta casa, tanto iate ai neguin tanta estravagancia )

A vida é uma escola e no rio de janeiro com humildade deita e rola nao fica de bobeira nao joga
conversa fora, agora eu to que to sofri e padeci por isso sou oque sou (2x)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir