Do Marco arco

Essa é a historia do marco arco, arco, arco.
Ele é barbudão dão, dão, dão.
Pelo pra todo lado, ado, ado, ado.
Cara de System of a down, down, down, down.
Quando ele era pequeno, eno, eno, eno.
Já era peludão, dão, dão, dão.
Tigela na cabeça, eça, eça, eça.
E em seus pés um titanicão, cão, cão, cão.
Quando ficou mais velho, elho, elho, elho.
Trocou os seus amigos, igos, igos, igos.
Passa o dia trancado, ado, ado, ado.
Em frente ao computador.

Esse é o Marco velho barreiro
É foda porque queima cara, queima, queima, queima.
Por guerra é fanático, queria ser um aeronáutico.
Propulsor quiloton de energia extravolátil
Vivia jogando bola, brincando nos morrinhos.
Repetia na escola e brincava de lutinha
Seu pai embaçava e sua mãe o chamava
Da soquinho em quem ta quieto fala alto e engraçado
O mais conhecido cavalo de toda região
Mas apesar de tudo é o nosso amigão.

Arco, arco, arco.
Dão, dão, dão.
Ado, ado, ado.
Down.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir