Dia ensolarado e onde é que eu vou parar
Estou na minha sala sentado no sofá
Na televisão não tem nada de bom
Ainda bem que eu tenho uma béra em minhas mãos

Quando o telefone toca sem parar
É o cotidiano maldito a me chamar.
Sem perder meu tempo mando ele se ferrar
Eu quero que se foda, eu vou é pro bar.

Eu vou é pro bar
Eu vou é pro bar
Eu vou é pro bar
Eu vou é pro bar

Eu vou é pro bar
Eu quero é gandaia
Encher a cara
E ver mulheres gostosas e peladas
Cerveja no gargalo
É assim que eu vou tomar
Levo a vida sem rotina
Vivo nesta fará

Quero a mulherada
E uma loira gelada
Quero a mulherada
E uma loira gelada

Eu vou é pro bar
Eu vou é pro bar
Eu vou é pro bar
Eu vou é pro bar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir