Conheça a história da lendária música Faroeste Caboclo

Analisando letras · Por Érika Freire

14 de Julho de 2020, às 12:00

Na primeira vez que a Legião Urbana apresentou a Faroeste Caboclo durante um show no Morro da Urca, os fãs não gostaram e a banda foi vaiada. Dá pra acreditar? 

Eles não poderiam imaginar que a música se tornaria um dos maiores clássicos da Legião, um verdadeiro conto épico com duração de 9 minutos e 3 segundos.

Legião Urbana
Créditos: Divulgação

Aliás, a verdade é que a gravação tem 8 minutos e 56 segundos, porém, Dado Villa-Lobos pediu para arredondar a conta e escrever no relatório o número 9, por ser cabalístico. 

Superstições à parte, Faroeste Caboclo se tornou um tremendo sucesso ao contar a história conturbada de João de Santo Cristo. A música foi composta por Renato Russo em 1979 e faz parte do álbum Que País É Este, de 1987. 

Quer conhecer melhor a história por trás de Faroeste Caboclo? Vem com a gente! 

A história de Faroeste Caboclo

João de Santo Cristo é um típico jovem desiludido com a sua vida atual, e decide partir para uma nova cidade em busca de uma vida melhor. Ele vivia numa fazenda, meio entediado e era de uma família humilde. 

Ele sentia muito ódio por ter visto, ainda criança, o seu pai morto por um tiro. Por conta do trauma, cresceu meio sem rumo, apavorava a cidade, roubava dinheiro da igreja e saia com todas as meninas. 

João de Santo Cristo na fazenda
Cena do filme Faroeste Caboclo / Créditos: Divulgação

Se sentia deslocado e acreditava que a vida poderia ser mais. Queria ver o mar e as coisas que apareciam na televisão.

Juntou dinheiro, viajou para Salvador, porém, quando chegou lá, ainda na rodoviária, encontrou um boiadeiro que lhe fez a proposta de ir para Brasília no lugar dele.

João de Santo Cristo
Cena do filme Faroeste Caboclo / Créditos: Divulgação

João de Santo Cristo aceitou e viu sua vida mudar completamente. Começou a trabalhar duro em Brasília, mas como o dinheiro não era suficiente, decidiu entrar para o tráfico depois que conheceu Pablo, um peruano que vivia na Bolívia. 

Ele conhece Maria Lúcia e se apaixona. Ao mesmo tempo, um sujeito chamado Jeremias surge para atrapalhar seus negócio dentro do tráfico e assim se inicia uma rixa entre os dois.

Mari Lúcia e João de Santo Cristo
Cena do filme Faroeste Caboclo / Créditos: Divulgação

A briga ficou tão feia que Maria Lúcia acaba se casando com Jeremias, pra desespero total de João de Santo Cristo. 

No duelo final, transmitido pela televisão, Santo Cristo leva um tiro nas costas, dado por Jeremias. Maria Lucia entrega a João uma Winchester-22 e ele dá cinco tiros em Jeremias. Maria Lucia, arrependida, morreu junto com João de Santo Cristo. 

Cena do filme Faroeste Caboclo
Cena do filme Faroeste Caboclo / Créditos: Divulgação

A composição de Faroeste Caboclo

Mas o que teria motivado Renato Russo a compor Faroeste Caboclo? De acordo com o próprio Renato, a inspiração surgiu de outro clássico, a música Hurricane, de Bob Dylan, que conta a história do boxeador Rubin Carter e a prisão injusta que sofreu, condenado por motivações racistas.

Porém, há uma outra versão relatada por Flávio Lemos, hoje baixista do Capital Inicial, e que foi amigo Renato Russo na época do Aborto Elétrico.

Durante uma entrevista à revista Flashback, em 2004, Flávio afirmou que Renato escreveu Faroeste Caboclo motivado por um ciúmes que sentia por sua prima, chamada Mariana, que teria ficado com Flávio.

Renato ficou sabendo da suposta “traição” e escreveu uma história de vingança envolvendo esse triângulo, na qual ele seria o próprio João de Santo Cristo.

Renato Russo na banda Aborto Elétrico
Renato Russo na banda Aborto Elétrico / Créditos: Divulgação

O cantor e compositor Leoni, em 1995, fez uma entrevista com Renato para o livro Letra, Música e Outras Conversas e, na ocasião, Renato disse que escreveu Faroeste Caboclo em duas tardes, sem mudar nada, apenas se atentando a algumas rimas para criar a sonoridade.

Ele sabia aonde queria chegar com a história e se apropriou do improviso do repente. Renato se baseou nas jornadas do herói, do rebelde que decide se jogar numa aventura.

Não há dúvidas a respeito do sucesso enquanto música, mas o próprio Renato reconhece que há furos na histórias e trechos que não se encaixam ou que ficam sem sentido. Sobre isso, o cantor afirmou:

Tem uma porção de coisas na história que não batem, mas quando a gente ouve no rádio funciona muito bem.

Faroeste Caboclo nos cinemas

A composição de Renato Russo foi parar nas telonas com o filme Faroeste Caboclo, estrelado por Fabrício Boliveira como João de Santo Cristo, Ísis Valverde como Maria Lúcia e Felipe Abi no papel de Jeremias. 

O filme, lançado em 2013, foi dirigido por René Sampaio e faturou 15,5 milhões em bilheteria.

Conheça a história da Legião Urbana

Agora que você conheceu a história da música Faroeste Caboclo, vem se aprofundar um pouco mais na biografia da Legião Urbana, a banda que revolucionou a história do rock nacional.

Biografia Legião Urbana

Leia outros conteúdos sobre a Legião Urbana 

Receba os melhores posts do blog em seu e-mail

Assine a newsletter gratuitamente e descubra mais sobre o mundo da música


Por favor, insira um e-mail válido.

Obrigado por assinar a nossa newsletter! 😊

Ops, rolou um erro na inscrição. Tente novamente mais tarde.