Bem sozinho de manhã
Fico pensando a boa forma de viver

Não me assusto
Não me acanho
Tenho sempre um ganho
Se eu sei aprender

A constelação taurina
tem um olho que me vê
olho manso de menina
olho claro que me quer

Eu não canto atrás de outra coisa
que me valha menos que viver
não me assusto não me acanho
eu já fiz meu banho
de erva boa e sã

Lá no céu distante e belo
brilha a estrela que só eu vi de manhã
olho manso de menina
minha estrela Aldebaran.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir