Quem é que lava roupa pra você dançar?
Quem é que não marca pra hora pra você chegar?
Quem é que sofre com resignação
Quando você traz a gola do terno suja de batom?
Mas ontem você faltou com respeito para mim
Trazendo um lenço manchado de carmim
Não vá dizer que a dama dançou em bolso
Pois não é possível
Nem tão pouco meu rosto você limpou
É preciso mudar de pensar
Porque a minha paciência pode se esgotar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Arno Provenzano / Geraldo Pereira. Essa informação está errada? Nos avise.

Posts relacionados

Ver mais posts