Ah, quando eu tenho vontade de comer, eu como
E quando eu tenho vontade de dormir, é sono...
Mas se acaso dá vontade de você
Então melhor que eu não me deixe levar, não
Mas eu também não vou tentar te esquecer
É só deixar pra lá...

E logo torno a ter vontade de comer
E logo torno a ter vontade de dormir
E quando vejo já voltei a viver
E quando vejo já voltei a sorrir

E quando a vida faz o peito se encolher, eu pranto
Mas se o vento traz prazer em se viver, eu canto
Pra se acaso der vontade de colher, hoje mesmo eu planto
E se a minha vontade é a de deus, eu santo
Eu canto...

It a go be so good, it a go be so nice
It a go be so good, it a go be so nice
It a go be so good, it a go be so nice
It a go be so good, it a go be so nice
It a go be so good, it a go be so nice
It a go be so good, it a go be so nice
It a go be so good, it a go be so nice
It a go be so good, it a go be so nice, hey ya!
It a go be so good, it a go be so nice, hey ya!
It a go be so good, it a go be so nice, hey ya!
It a go be so good, it a go be so nice, hey ya!
It a go be so good, it a go be so nice, hey ya!
It a go be so good, it a go be so nice, hey ya!
It a go be so good, it a go be so nice, hey ya!
It a go be so good, it a go be so nice, hey ya!
It a go be so good, it a go be so nice, hey ya!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir