Cansei de ser o espelho que reflete o brilho que você queria ter
Odiava o teu jeito, eu gosto das cores, não da marca
Tu me julgava estranho, eu te julgava esperto
A inveja mata, eu tive a compaixão de te tirar de perto
Foda-se eu não quero ter, eu sou
Louco pela liberdade de viver, querendo uma flor pra provar
Que o valor que em árvore
Quando o bonde passar na cidade
Tu vai ver o que é atividade
Pai era tudo verdade eles querem pagar pra ter criatividade
Eu já fiz a ruptura, meu querer me atura
A Lua muda e é ela mesma, a sombra porra é arte pura
Sinto pena que tu não gostava do brinco de pena
Tua mina adora a inveja nos causou uma ruptura
Tu me disse merda, eu disse ta, tu disse pera
Tudo que eu queria nessa vida é adubar, bah que miséria né
Eu nasci pra isso é muito além de sonhar

Muitos carregam amor, outros carregam o ódio
Disputando o ego cego pra se sentir donos do pódio

O céu não tem dono, quero ver quem tira o rumo dos planos de Deus
Eu voei amor, vou ligar mais tarde pra contar o que aconteceu comigo
O céu não tem dono, quero ver quem tira o sono de um soldado meu
Voltarei amor, quando conquistar o que o mundo me deu

Sigo equilibrando a lealdade no coração, inspirado a intuição da magia
Sentimento nessa porra contagia, o vida me suporte
Estabilize a ordem da morte, essa porra aqui nunca foi sorte
Sou guiado pelo poder do nascimento, renascimento
Vínculo a ilusão com a realidade
Porra Jesus esses cara é covarde
Seja bem vinda a essa guerra fria, mente cheia, almas vazias, compositores
Falsa história, poetas sem poesia, poucos entendem a loucura
Quem entendeu tá na mesma fissura

Golpeados pela vida dura, anestesiado de tanta amargura segura o impacto
O choque foi grande, feriu te machucou, sigo invisível intacto
Porém nunca estático, furioso e matemáticos, inimigos automáticos
A partir do momento que o rei ganha o trono
Sentimentos ruins ao retorno, tá de olho no prato que como
Ta querendo ser o que nós somos, sentimentos anônimos
Vão criando seus próprios demônios
Sou seu pesadelo vai ter que aceitar, não queira viver nosso sonho
Muitos carregam amor, outros carregam o ódio
Disputando o ego cego pra se sentir donos do pódio

O céu não tem dono, quero ver quem tira o rumo dos planos de Deus
Eu voei amor, vou ligar mais tarde pra contar o que aconteceu comigo
O céu não tem dono, quero ver quem tira o sono de um soldado meu
Voltarei amor, quando conquistar o que o mundo me deu

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir