Observo ao redor
Tudo frio e mecânico
Repetidamente ao acordar

Como se soubesse
Tudo em detalhes
Nada vai sair do seu lugar

Dias longos
Anos curtos
Comodismo e sem nem imaginar

Não está perfeito
Mas não tem que melhorar
E numa despedida eu pude acordar

E por mais que digam
Não irei me acostumar
E o que sinto, só eu sei.
Não adianta me julgar
E esse vazio imenso
Nada vai fazer o tempo voltar

Num espaço de tempo tão curto
Tantas coisas a mudar
Não é fácil ter que se adaptar

E o que era um passado perfeito
Agora dói ao lembrar
Sentimentos em não poder aproveitar

Pura insonia
Opiniões diferentes
Atrapalham quando querem ajudar

Incertezas estando a nossa frente
E além da distância
Te sinto afastar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts