O pioneiro do Sul valoroso
Descobriu esta terra de esplendor
Xavantina, chão bendito e dadivoso
Minha terra de paz e de amor
Foi Anita Garibaldi a heroína
O primeiro nome que te batizaram
Com fulgor da estrela matutina
Relembrando aqueles que te desbravaram

Meu lar, meu santo abrigo
Eu sou feliz aqui
Xavantina eu te bendigo
Terra amada onde eu nasci
Nos rios e nas matas
Na imensa plantação
Em tudo enfim retratas
Trabalho e união

Radioso há de ser o seu porvir
Tua estrada deve ser a da vitória
Acredito no amanhã que há de vir
Xavantina tens o destino da glória
Oh Senhora do Rosário Padroeira
Nos ampare e nos dê proteção
E esta terra seja sempre a primeira
Para sempre em meu coração.

Meu lar, meu santo abrigo
Eu sou feliz aqui
Xavantina eu te bendigo
Terra amada onde eu nasci
Nos rios e nas matas
Na imensa plantação
Em tudo enfim retratas
Trabalho e união

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir