A primeira vez que te vi, te ouvi, senti, que acontecia algo
Que eu não pude explicar
A segunda vez que te vi, foi como se fosse , como se fosse a primeira vez
Te ver e ouvir, te sentir no meu peito, no meu peito
Quando te encontrei, te proclamei minha inspiração
E sem notar eu te vi de novo
A terceira vez que te vi, só desejei um acordo...
Te ver de novo, mais uma vez
E cada vez que te vejo, parece a primeira vez
Mais uma vez, e cada vez que te vejo...
A primeira vez que te vi, te ouvi, senti, que acontecia algo
Que eu não pude explicar
A segunda vez que te vi, foi como se fosse , como se fosse a primeira vez
Te ver e ouvir, te sentir no meu peito.... No meu peito
Quando te encontrei, te proclamei minha inspiração
E sem olhar eu te vi de novo
A terceira vez que te vi, só desejei um acordo...
Mais uma vez, mais uma vez, mais uma vez...
Te ver de novo.... Mais uma vez, mais uma vez...
E cada vez que te vejo, parece a primeira vez
Mais uma vez, mais uma vez, e cada vez que te vejo...
Parece a primeira vez.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts