exibições 1.428

MÃE QUERIDA

Jallapão do Brasil


MÃE QUERIDA

Mamãe eu vim lhe agradecer, porque tu cuidaste de mim, me deste amor e carinho, a tua meiguice não tem fim; obrigado mãe querida, por ter me dado leite e mel, espere a tua recompensa virá lá do céu.

REFRÃO

De todas as vezes que eu errei, não foi mamãe pra ti magoar, eu quero a tua compreensão, e que tu possas me perdoar; mamãe estenda sobre mim, teu manto acalentador, eu quero sim pra eternidade ter o teu amor.

Quantas vezes nesta vida, perdestes por causa de mim, e quantas, quantas madrugadas, teu doce sono eu interrompi; obrigado mãe querida, por não ter me jogado fora, no lixo quantas mãe no mundo, joga os seus filhos e vão embora.

Eu quero que saibas mamãe, que agora eu sei o seu valor, na minha infância me ensinastes, virtudes de grande esplendor; você me ensinou tantas coisas, que jamais poderei te pagar, e em troca do que me fizeste eu só posso te amar.


obrigado mãe querida, por ter me dado leite e mel, espere a tua recompensa, virá lá do céu. obrigado mãe querida, por não ter me jogado fora, no lixo quantas mãe no mundo, joga os seus filhos e vão embora.

Repetir 2 x para o final

De todas as vezes que eu errei, não foi mamãe pra ti magoar, eu quero a tua compreensão, e que tu possas me perdoar; mamãe estenda sobre mim, teu manto acalentador, eu quero sim pra eternidade ter o teu amor

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir