Durmo a sesta numa curva do coqueiro
ouço a orquestra que toca para o mundo inteiro
pode ser longa a viagem no teu quarto
a miragem da cascata sobre um livro
tomo banho apenas na água da chuva
alaguei-me de amor junto ao veleiro
E fazer mais de mil versos prós amigos
e emaranhar a dor num sol de risos


De longe em longe lancei o meu arco
berço de redes aromas de quarto
fui buscar pedaços aos telhados
fui buscar pedaços aos telhados
Durmo a sesta numa curva do coqueiro
ouço a orquestra que toca para o mundo inteiro
pode ser longa a viagem no teu quarto
a miragem da cascata sobre um livro


No fim da rota cheguei a uma gruta
encontro a moça no musgo dormita
fica o som suspenso o mês inteiro
fica o som suspenso o mês inteiro


Durmo a sesta numa curva do coqueiro
ouço a orquestra que toca para o mundo inteiro
tomo banho apenas na água da chuva
alaguei-me de amor junto ao veleiro


Dançam duendes sobre um lamaçal
soltam em bolhas mais um festival
saltaricam jogos tagarelas
num banho profundo desta ria


Durmo a sesta numa curva do coqueiro
ouço a orquestra que toca para o mundo inteiro
E fazer mais de mil versos prós amigos
e emaranhar a dor num sol de risos


Durmo a sesta numa curva do coqueiro
ouço a orquestra que toca para o mundo inteiro
Durmo a sesta numa curva do coqueiro
ouço a orquestra que toca para o mundo inteiro

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir