Vinha com a minha toada
entretida na viola
mas quando penso o que penso
com a vertigem duma história
fico apenas com a minha toada
fico apenas com a minha toada


Janela aberta e o pastor dormia
o tempo inerte sob o sol sumia
e beijo a moça num lençol de rio
e beijo a moça num lençol de rio


Andam cavalos pintados
no campo numa lagoa
o sonho pertence à tela
e alguém desenha que voa
fico apenas com a minha toada
fico apenas com a minha toada


Janela aberta e o pastor dormia
o tempo inerte sob o sol sumia
e beijo a moça num lençol de rio
e beijo a moça num lençol de rio


A moldura sem retrato recua pr´além
Protesto, mundo errado
que este mundo tem

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: João Afonso Lima. Essa informação está errada? Nos avise.
Enviada por Waléria. Revisão por Nic. Viu algum erro? Envie uma revisão.