Passei o mês inteiro
Em cima de um cavalo
Paleteando e dando pealo
Nesse dura lida
É sábado à noite
Vou batendo o mango
À procura de um fandango
Prá alegrar a vida.

Passei o mês inteiro
Em cima de um cavalo
Paleteando e dando pealo
Nesse dura lida
É sábado à noite
Vou batendo o mango
À procura de um fandango
Prá alegrar a vida.

Hoje vou sacudir a poeira
No embalo da vaneira
Até o sol raiar
Nos braços da linda morena
Uma noite é pequena
Prá mim sarandear.

Hoje vou sacudir a poeira
No embalo da vaneira
Até o sol raiar
Nos braços da linda morena
Uma noite é pequena
Prá mim sarandear.

Cutuca seu gaiteiro
Esta cordeona
Numa vaneira chorona
Que eu gostei do som
Pois hoje eu não volto
Pro meu aconchego
Sem levar pros meus "pelego"
Um gosto de batom.

Cutuca seu gaiteiro
Esta cordeona
Numa vaneira chorona
Que eu gostei do som
Pois hoje eu não volto
Pro meu aconchego
Sem levar pros meus "pelego"
Um gosto de batom.

Hoje vou sacudir a poeira
No embalo da vaneira
Até o sol raiar
Nos braços da linda morena
Uma noite é pequena
Prá mim sarandear.

Hoje vou sacudir a poeira
No embalo da vaneira
Até o sol raiar
Nos braços da linda morena
Uma noite é pequena
Prá mim sarandear.

Passei o mês inteiro
Em cima de um cavalo
Paleteando e dando pealo
Nesse dura lida
É sábado à noite
Vou batendo o mango
À procura de um fandango
Prá alegrar a vida.

Passei o mês inteiro
Em cima de um cavalo
Paleteando e dando pealo
Nesse dura lida
É sábado à noite
Vou batendo o mango
À procura de um fandango
Prá alegrar a vida.

Hoje vou sacudir a poeira
No embalo da vaneira
Até o sol raiar
Nos braços da linda morena
Uma noite é pequena
Prá mim sarandear.

Hoje vou sacudir a poeira
No embalo da vaneira
Até o sol raiar
Nos braços da linda morena
Uma noite é pequena
Prá mim sarandear.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir