exibições 10.812

Eu Tô Grandão

João Luiz Corrêa


Companheirada, não repare no meu jeito
E na cara de satisfeito
Que eu estou mostrando agora
Por muito tempo comi feijão com farinha
E até que enfim a miudinha
Do meu rancho foi embora
Demorou tanto pra terminar a desgraça
Que mesmo com muita raça
Quase que desacorçoei
Mas quando achei
Que já tava tudo perdido
A sorte me deu ouvido
E de novo me levantei

Eu to grandão na caristia dei um tombo
To bem gordo e são de lombo
Pronto pra qualquer peleia
Eu to grandão já consegui sair do zero
E por isso não quero
Ver ninguém de cara feia

Em qualquer mesa não quero que falte nada
Quero ver a mulherada
Faceira bailando tonta
Pouco me importa se alguém me chamar de pato
Não dou bola pra boato
E é tudo por minha conta
Só pra esquecer que a miséria é um baita diacho
Vou amanhecer borracho
No colo de uma morena
Seu bolicheiro serve uma pra ti também
E já me troque essa de cem
Que eu não tenho mais pequena

Agora vejo que esse mundo
É mesmo louco
Se a gente não tem uns troco
Não se pode ser feliz
E já pra mostrar que não tou pelas carona
Vou dar de mão na cordeona
E vou cantar uns versos que fiz
Não tenho rabo eu que mando no meu couro
Não é nenhum desaforo
To esbanjando só o que é meu
Passei vergonha ,desespero e precisão
Só que agora eu to grandão
E hoje quem paga sou eu

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir