É um balanço que vai é um balanço que vem
Já me largo pra sala e vou dançar também
E da serra à fronteira esse tranco é sem luxo
É o balanço dos pampas o bugio é gaúcho

É fim de semana, me largo pro povo
Se achar um surungo vou dançar de novo
Quem dança o bugio alegra o coração
Vai pra lá e vem pra cá, levbanta poeira do chão

Ronca o fole da gaita a noite é uma criança
E o fandango amanhece no embalo da dança
Num bugio bem marcado prossegue a alegria
E gaiteiro só para quando vier o dia

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir