Não tinha cerca, nem brete
Que segurasse o malvado
E nem laço que cerrasse
No tal de touro pintado

Tinha peão que dava fumo
Pra pitar mais de um ano e meio
Como pedido de auxílio
Pra o negro do pastoreio

Nunca acreditei em bruxa
Em lobisomem, não creio
Meti meus caco' no mouro
Me entreverei no rodeio

Levei aquele meu cusco
De tirar vaca do mato
Fiz o bicho alçar a cola
Berrando o quarenta e quatro

Cerrei espora no mouro
Peneirando um doze braça'
Que fez zum zum no espaço
E o touro dobrou a carcaça

Vi dois estouro', dois tombo'
E o meu laço rebentou
O cusco ficou imprensado
E o mouro se desnucou

Touro, touro, touro
Touro pintado
Até o neto do teu neto
Vai sofrer por teu pecado

Touro, touro, touro
Touro pintado
Tu vai se encontrar no céu
Com o meu mouro afamado

Abre o cavalo e mete corda, tio sadi donato, mete ficha, meu galo

Abri a perna e gritei
Levaste a breca, boludo
Livrei a maça do peito
E enterrei com cabo e tudo

Deixei a faca tremendo
No peito duro do touro
Me benzi, fiz uma prece
Pra alma do pingo mouro

Ergui o pintado na cola
Pra salvar meu cusco amigo
Que hoje, rengo e sem dente
Segue juntito comigo

Hoje, só resta a lembrança
Nas noites de solidão
Morreram o touro e o pingo
E eu continuo de peão

Cerrei espora no mouro
Peneirando um doze braça'
Que fez zum zum no espaço
E o touro dobrou a carcaça

Vi dois estouro', dois tombo'
E o meu laço rebentou
O cusco ficou imprensado
E o mouro se desnucou

Touro, touro, touro
Touro pintado
Até o neto do teu neto
Vai sofrer por teu pecado

Touro, touro, touro
Touro pintado
Tu vai se encontrar no céu
Com o meu mouro afamado

Uma campereada dessas dá saudade dos campos da soledade véia'

Cerrei espora no mouro
Peneirando um doze braça'
Que fez zum zum no espaço
E o touro dobrou a carcaça

Vi dois estouro', dois tombo'
E o meu laço rebentou
O cusco ficou imprensado
E o mouro se desnucou

Touro, touro, touro
Touro pintado
Até o neto do teu neto
Vai sofrer por teu pecado

Touro, touro, touro
Touro pintado
Tu vai se encontrar no céu
Com o meu mouro afamado
Tu vai se encontrar no céu
Com o meu mouro afamado
Tu vai te encontrar no céu
Com o meu mouro afamado

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: João Luiz Corrêa / Odenir dos Santos / João Sampaio · Esse não é o compositor? Nos avise.
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.