Espero o dia amanhecer
E não há nada além das lembranças
Da noite que o sol levou

O espelho mostra a mesma pessoa
A água ferve pra um único café
Converso com o vento sobre o que eu sinto
E o que eu não quero sentir

E é tão bom fazer o que se quer
Sem esperar ou se preocupar
Mas qual a diferença de se estar sem ninguém
Se não é estar com ninguém

É sempre assim desde que você se foi
E às vezes parece até melhor
Mas não há liberdade que substitua a presença do amor
Do amor

Agora o dia não quer passar
Tenho as lembranças das tardes de domingo que não irão voltar
E qual a diferença de não estar com alguém
Se não é estar com ninguém

É sempre assim desde que você se foi
E às vezes parece até melhor
Mas não há liberdade que substitua a presença do amor
Do amor

E o vazio é quem se torna companhia
O silêncio que acalma é agonia
Chegamos ao fim do mundo
A televisão
Eu percebo que uma volta é utopia
Que a distância é um reflexo de novas vidas
Eu queria me sentir melhor
Eu achava que fosse melhor
Eu queria que fosse melhor

É sempre assim...

É sempre assim desde que você se foi
E às vezes parece até melhor
Mas não há liberdade que substitua a presença do amor
Do amor
(A presença do amor, do amor)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir