Estava mesmo muito bom
Demais pra ser verdade
Mas vem a realidade
E traz à tona o pesadelo, o caos
E é tão real

Eu perdi completamente
A noção do que se vive
E do que está na mente
Mas de qualquer forma soa igual
Faz o mesmo mal
E é tão real

Na na na na
São dias infelizes
Na na na na
São mórbidas reprises
Na na na na
É só tudo voltando ao normal

A impecável exatidão dessa mesmice

Estava mesmo muito estranho
Ser ovelha negra
E ser bem vindo ao rebanho
Estava demorando pra desabar
Era de se esperar

A promessa de mudança
E eu tão inocente
Crente feito uma criança
Era outro alarme falso
E eu sonhando alto
Tão alto

Na na na na
São dias infelizes
Na na na na
São mórbidas reprises
Na na na na
É só tudo voltando ao normal

A impecável exatidão dessa mesmice

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir