Como Eu Deveria Ver As Coisas

Malú Lomando


Meu bem
Desculpe se eu sinto saudade do que cê já não é
Mudar faz bem
Cê não é obrigado a ser nada do que eu quero
Ou do que eu espero

Meu bem
Se desculpe, partir faz parte da vida em qualquer lugar
Outros virão e irão como tu, colher e plantar
E eu sempre estarei aqui pra me amparar
No que der e vier

E você?
Aonde está pra você mesmo, meu bem?
Vá descobrir esse mundo, há tanto pra ver
Você é tão lindo, merece viver
Que cê seja feliz eu desejo com todo meu ser

Desculpe o quê
Não se preocupe comigo, eu vou ficar mais que bem
Ademais, seria limitar-me dizer
Que você é o amor da minha vida
Se eu ainda não vivi minha vida inteira pra saber
E tô animada pra ver!

Laiá, laraiá laiá laiá, laraiá laiá
Laraiá, laiá laiá, laraiá laiá
Laraiá laiá laiá lá laiá
Lalará, lalaiá

E você?
Aonde está pra você mesmo, meu bem? (laiá, laiá)
Vá descobrir esse mundo, há tanto pra ver (laraiá)
Você é tão lindo, merece viver (laraiá)
Que cê seja feliz eu desejo com todo meu ser

Desculpe o quê (lêreiê)
Não se preocupe comigo, eu vou ficar mais que bem (laraiá)
Ademais, seria limitar-me dizer (lereiê)
Que você é o amor da minha vida
Se eu ainda não vivi minha vida inteira pra saber
E tô animada pra ver!

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog