Sou rio
Eu tenho raízes como as árvores
Eu venho do silêncio do céu
Do alto da montanha
Percorrendo a minha jornada

Sou rio
Sou como o sangue das veias
Por onde eu passo, levo a vida
E deixo um pouco dela
Diversas fontes me abastecem
E eu as redistribuo pelo caminho
Para que possam ser novamente fontes

Sou rio
Veja como eu fluo
A nada me apego
Sempre me transformando
Nunca sou o mesmo
Nunca estou no mesmo lugar
Sou um
E sou tudo.

Sou rio
E se no final eu desaguo no mar
É porque eu sempre fui
Oceano

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog