Eu não sei fazer musica de estilo
Mais ai na vida na arte sigo nos trilhos
Pela paz admiro o bicho ser humano
Multicores cansados com muito sono
Querem deitar na cama e profundamente
Dormir e acordar no subconsciente
Para viver sem ter como limite paredes
Que separam o amor de gente para gente

No meu estilo vai uma dose de drama
De gente para gente vai um mar de grama
No meu estilo vai uma dose de verdade
Eu sei amar então você também sabe

Dar e receber isso que se chama respeito
Do inicio até o fim fazer direito
Do seu jeito se for de coração viciado
No mundo obscuro não será recuperado
Com o pote cheio até a boca no meu antidoping
Nem uma gota de maldade como pode
Alguém achar que a solução é o revolver
Se o que a gente ganha a gente devolve

No meu estilo vai uma dose de drama
De gente para gente vai um mar de grama
No meu estilo vai uma dose de verdade
Eu sei amar então você também sabe

Filas na porta da morte escancarada
Multicores nesse confronto de raças
Para cada capacete um fuzil, granadas.
Para cada homem cinco crianças armadas
No cabo de guerra desleal um batalhão
Vem Arrasta corpos de terrorista pelo chão
Meio quilo com fome sem barba na cara
Dilacerado reconhecido pela tatu de bala

No meu estilo vai uma dose de drama
De gente para gente vai um mar de grama
No meu estilo vai uma dose de verdade
Eu sei amar então você também sabe

Essa espécie que se chama ser humano
Com sigo mesmo com o outro desumano
Se sente consumidor de todas as drogas
De teve a barbituricos da erva até a moda
Você é consumido de fora para dentro
Até chegar no, osso onde mora o sofrimento.
O Bicho ser humano é surpreendente
As vezes cubo frio às vezes bola quente

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir