Foto do artista Marcos Sabino

No Tempo Que a Gente Podia Namorar no Portão (part. Byafra)

Marcos Sabino


Eu sei que um dia tudo vai passar
Eu sei que a noite vai amanhecer
Muitas crianças ainda vão nascer
Só não sei o tempo em que irão viver

Velhos tempos, que não voltam mais
Modernos profetas vão cantando o caos
Dizem que os sonhos vão envelhecer
E que o tempo não dá tempo pra viver

A rua em que eu vivi, ainda está lá
A casa que me viu nascer
E o namoro no portão
Te estudei com a minha mão
Comparando o teu corpo ao meu

Sei que o tempo não são flores
Mas não fique assim
Com medo de viver
Ninguém vive sem amores
Navegue contra o tempo
Eu quero lembrar de você

Velhos tempos, que não voltam mais
Modernos profetas vão cantando o caos
Dizem que os sonhos vão envelhecer
E que o tempo não dá tempo pra viver

A rua em que eu vivi, ainda está lá
A casa que me viu nascer
E o namoro no portão
Te estudei com a minha mão
Comparando o meu corpo ao seu

Sei que o tempo não são flores
Mas não fique assim
Com medo de viver
Ninguém vive sem amores
Navegue contra o tempo
Eu quero lembrar de você

No tempo que a gente podia
Namorar no portão
No tempo que a gente podia
Namorar no portão
No tempo que a gente podia
Namorar no portão

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Byafra / Marcos Sabino · Esse não é o compositor? Nos avise.
Enviada por Anderson, Legendado por Anderson
Viu algum erro na letra? Envie sua correção.