Habilite sua assinatura e dê adeus aos anúncios

Habilitar
exibições 2.204

Jerimum de Gogó

Marinês

Ai, tô doidinha pra ver
O meu velho nordeste, sertão e agreste
Onde eu hei de morrer

Ai, que saudade que dá
Quando ouço uma baião
Sinto o meu coração
Só uerendo parar

Eu vou voltá pra lá..
Eu vou voltá pra lá...
Eu vou voltá pra lá...
Eu vou voltá pra lá...

Será, será?
Que mamãe vai me abençoar
Será, será?
Que eu encontro
O que deixei por lá

Saí do nordeste
Deixei meu xodó
Andei pelo mundo
Que nem "caracó"

Mas o cheiro dele
Veio no meu lençó
Eu fico chorando
Cadê "Piancó"?

Será, será?
Que mamãe vai me abençoar
Será, será?
Que eu encontro
O que deixei por lá

Quando a gente plantava
Que a lavoura crescia
Naqueles barro vermelho
Quem passava longe via

Feijão de corda "irramando"
No algodão dando um nó
Pesava mais de uma arroba
O jerimum de gogó
De gogó, de gogó..
O jerimum de gogó

Eu vou voltá pra lá..
Eu vou voltá pra lá...
Eu vou voltá pra lá...
Eu vou voltá pra lá...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: J. B. De Aquino / Joao Silva. Essa informação está errada? Nos avise.

Comentários

Envie dúvidas, explicações e curiosidades sobre a letra

0 / 500

Faça parte  dessa comunidade 

Tire dúvidas sobre idiomas, interaja com outros fãs de Marinês e vá além da letra da música.

Conheça o Letras Academy

Enviar para a central de dúvidas?

Dúvidas enviadas podem receber respostas de professores e alunos da plataforma.

Fixe este conteúdo com a aula:

0 / 500

Posts relacionados Ver mais no Blog


Opções de seleção