O mundo morre todos os dias
Ondas de egoísmo
Alagam nossas ruas

Assistimos tudo
Não fazemos nada

O mundo nasce todos os dias
Com um grande sol
De gentiliza

Pediremos tudo
Não agradecemos nada
E quando o fim chegar?
Só quando o fim chegar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir