O forró tem um tempero
Faz a gente chamegar
No repique do zabumba
No balanço do ganzá
Sanfoneiro da cochilo
Do pescoço se quebrar
A moçada paga a cota
Vai até o sol raiar

Eita que coisinha boa
Vige que forró danado
Quanto mais a gente sua
Se remexe animado

Nunca vi coisa melhor
Que deixe o cabra maneiro
A gente fica fungando
Na latada do terreiro
Quando o mestre sala chega
Manda coçar o dinheiro
A moçada alisa os bolsos
Dando tudo ao sanfoneiro

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts