Essa vaneira é galponeira, fala de campo e tradição
Fala Rio Grande de alma pampa, minha querência coração
É missioneira esta vaneira traz o bailar desse meu chão
Traz o perfume da morena flor gaúcha do rincão

Fala de flor, fala de amor, fala de paz e liberdade
Fala das noites estreladas luzindo minha saudade
Fala do campo da passarada nas madrugadas cantar de galo
Fala do berro de touro alçado e dos relinchos dos cavalos

Essa vaneira traz o timbre dessas cantigas campo a fora
Com o rumor de sangras claras de cantilena das esporas
Ela também resgata o canto da seriema e da araponga
Com anseios de querência na pampa grande ressona

Fala de flor, fala de amor, fala de paz e liberdade
Fala das noites estreladas luzindo minha saudade
Fala do campo da passarada nas madrugada cantar de galo
Fala do berro de touro alçado e dos relinchos dos cavalos

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir