Aprenda inglês com a maior plataforma de letras de músicas da América Latina Assista 3 aulas grátis
exibições 42.162

To de Boa

Pacificadores


Eu quero ver o sol se pondo, na beira do mar
Hoje eu tô de boa, deixa o corre pra lá
Esquecer os meus esquemas, os meus problemas
O meu plano hoje, é ficar longe das algemas

Eu quero viver bem irmão
Whisky na varanda, apreciando o sol
Sentado observando o horizonte lindo
Sem afundar na guerra, e acabar caindo

Vários amores pra amar, pouco inimigo
Grana no bolso, fazer amigo
É assim que a malandragem tem que ser
E correr pelo certo
Ganhar respeito o tempo cuida do resto

Deixei as treta pra trás, e os queriam meu fim
Pisei em espinhos e pedras, mas hoje Deus é por mim
Fiz inimigos no crime,mas fiz amigos também
Alguns queriam meu fim, outros queriam meu bem

Vou dar um tempo pro crime, hoje eu quero luxar
Tomar whisky do bom, sentir a brisa do mar
Andar descalço na praia, fazer escultura na areia
Quem sabe nessa caminhada, encontre minha sereia

Quero só uma selfie, na beira do mar
O vento sopra leve, só pra me refrescar
Whisky pra tomar, bagulho pra fumar
Dinheiro pra rasgar, uma dama pra me amar

Eu quero ver o sol se pondo, na beira do mar
Hoje eu tô de boa,deixa o corre pra lá
Esquecer os meus esquemas,os meus problemas
O meu plano hoje, é ficar longe das algemas

Eu quero viver bem irmão
Whisky na varanda, apreciando o sol
Sentado observando o horizonte lindo
Sem afundar na guerra, e acabar caindo

Vários amores pra amar, pouco inimigo
Grana no bolso, fazer amigo
É assim que a malandragem tem que ser
E correr pelo certo
Ganhar respeito o tempo cuida do resto

Eu quero viver bem, sem os pulicia na cola
Com as numera no bolso, sem ter que usar minha pistola
O meu sucesso, vai depender da minha inteligência
Guerra não traz lucro, só aumenta minha sentença

Promotor quer me ver preso, cliente quer minha droga
Essa rotina é criminosa? As vezes incomoda
Eu penso em tirar umas férias, na beira do mar
Meus problemas, e as ziquizira,deixa a maré levar

Eu quero só uma selfie, na beira do mar
O vento sopra leve, só pra me refrescar
Whisky pra tomar, uma erva pra fumar
Dinheiro pra rasgar, e ela pra me amar

Eu quero ver o sol se pondo, na beira do mar
Hoje eu tô de boa, deixa o corre pra lá
Esquecer os meus esquemas, os meus problemas
O meu plano hoje, é ficar longe das algemas

Eu quero viver bem irmão
Whisky na varanda, apreciando o sol
Sentado observando o horizonte lindo
Sem afundar na guerra, e acabar caindo

Vários amores pra amar, pouco inimigo
Grana no bolso, fazer amigo
É assim que a malandragem tem que ser
E correr pelo certo
Ganhar respeito o tempo cuida do resto

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir
Composição: Marquinhos12. Essa informação está errada? Nos avise.

Você não precisa da tradução para entender essa letra!

Participe do evento e aprenda inglês com música

Quero participar

Posts relacionados

Ver mais no Blog