Uma luz no fim do túnel
Lutando pra não apagar
Mergulhando contra a água
Que deságua sobre o mar

Nuvens que derramam lágrimas
Vento que acende a chama
Árvores sem vida crescem
Por aqui alguma espécie?

Lá no meu quintal
A laranjeira cresce em flor
Onde um mundo de caos
Só tolera o que semeou

Não quero abrir meus olhos
Ver o mundo como esta
O orgulho que se move
Onde tudo vai parar?

Flores nos campos falecem
Medo de tantas mulheres
A vida que implora sempre
Um pouco de amor presente

Lá no meu quintal
A laranjeira cresce em flor
Onde um mundo de caos
Só tolera o que semeou

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts