Bem-te-vi no seu pomar
Já é inverno e não verão
Dou lugar na chuva pra quem sabe voar
Das árvores enfeitam-se os galhos
Com ninhos coloridinhos
Se São Pedro abençoar o céu já vai chorar

Força pra represa que leva a água embora
O frio não ignora o verbo congelar
Chega à revoada dos lindos passarinhos
Que cantam na chuva pro sol logo voltar

Bem-te-vi no seu pomar
Já é inverno e não verão
Dou lugar na chuva pra quem sabe voar
Das árvores enfeitam-se os galhos
Com ninhos coloridinhos
Se São Pedro abençoar o céu já vai chorar

Canta João de Barro
Canta Sabiá
Canta Andorinha
O láláiáláiá
Canta Curió sob o Jatobá
Cantam na chuvinha pro sol logo voltar

Bem-te-vi no seu pomar
Já é inverno e não verão
Dou lugar na chuva pra quem sabe voar
Das árvores enfeitam-se os galhos
Com ninhos coloridinhos
Se São Pedro abençoar o céu já vai chorar

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts