Chacina de periferia
Se morre ninguém vê, lidera o silêncio
A sorte aqui é caixão, cérebros pra fora destruídos, eu não minto
Aqui é lei seca, é foda, não tem ideia e nem conversa
E toda a área é assim, isto eu sei, chumbo grosso
Acertou, seu tolo, na ponte quem é, é
Matam por prazer de sangue

Morrer é pouco, lugar de louco, nem luz tem
Ajoelhou, vai morrer, pois pro céu, mandarei
Todos os sete juntos, estirados em plena luz do dia
Sangue em todos os lados
Horário bom, seu otário, não existe aqui
Qualquer hora é hora pra morte
Não tenha medo de mim

Ei, vocês aí, vejam a chacina de periferia
Medo não temos, acostumamos
Em todo lugar, chacina nova
Ela que é nosso júri, e em qualquer lugar
Seja maduro, duro, seja esperto, eu já te avisei
Seja do mal ou do bem
Tiro ao alvo farão, com você
Mas eu não sei qual que é
Vê se se muda, mané
Antes que botem, te socam o cano

Chacina de periferia
Periferia
Chacina de periferia (chacina de periferiaaaaaah!)
Periferia
Chacina de periferia
Periferia
Chacina de periferia (chacina de periferiaaaaaah!)
Periferia
Chacina de periferia

Não vacile, não se humilhe
Eles matam sem dó, e por ti mete o calibre
Saia, fuja sem medo, te matam
Agora olhe pro céu, o muda de estilo
Cruel, corpo em todo lado
Não é história, é toda hora
Meu nome é sigilo, mas o meu grito eu coloco pra fora
Chacina demais, não é o mito, eu não minto
Aqui, vacilou: Derrubam o seu cachimbo
Esta é a lei, usam e abusam, é como querem

E o jeito é sair fora
Fique se você quiser
Tempo fechado, tiros pra todos os lados
Sujeito é pago, e não fala,
A lei aqui dentro é foda
Pavilhão 9, sangue bom a qualquer hora
Ajoelhou, não implore, agora
Sou rossi, sangue bom, digo: "sim"; digo: "não"

Calibre 12, pt na mão
Zona sul, aqui, é sem chance
A sorte, atiram em você
Sentido errado, está
E a chacina é frequente, eu te falo
Não se atreva a rompê-la, otário

Chacina de periferia
Periferia
Chacina de periferia (chacina de periferiaaaaaah!)
Periferia
Chacina de periferia
Periferia
Chacina de periferia (chacina de periferiaaaaaah!)
Periferia

Aqui é foda, avisei
Ir para a morte, sem chance a fez
Pega o cano, e te estouram, te desmiolam
Eu disse aqui, é um gueto sombrio
Essa é a raça de trouxa que faz as leis por aqui
Seis mortes, calibre 12 na testa: "era uma vez"
Trabalho de nós é embaçado, mané
Vou pro saco, queira ou não queira, cara

Pois o malandro que é esperto não joga a sua hora fora
O fato é queima de arquivo
Pagam uma merreca e fazem o seu serviço
É crime ou não? Com certeza eu já sei, seu tolo
Estava envolvido com pilantras da rota, "pow"
O furo é fodido pra quem sabe demais
E não dure um mês, cagueta
Que decepam, e algo mais

Chacina de periferia
Periferia
Chacina de periferia (chacina de periferiaaaaaah!)
Periferia
Chacina de periferia
Periferia
Chacina de periferia
(Chacina de periferiaaaaaah!)

(Chacina de periferiaaaaaah!)
(Chacina de periferiaaaaaah!)
("E eles atiram, sem dó")
("E eles atiram, sem dó")
(Chacina de periferiaaaaaah!)
("E eles atiram, sem dó")
("E eles atiram, sem dó")
(Chacina de periferia! Há-há!)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais posts