exibições 126
Foto do artista Rafael Castro

Fracassado Cabaré

Rafael Castro


Quando eu era guri
Quis ser super-herói
Ou mesmo um astronauta pra ter alta posição,
Agora que eu cresci
Meu corpo todo dói
E o medo exclui a pauta até de andar num avião.
Sonhei ver o planeta
Tal qual de uma luneta,
Mas vi que ele é maior que a minha imaginação.

Me fiz viril rapaz,
De exímio bom humor,
Correndo atrás do riso e de um harém a se despir.
Destino capataz,
Vetou qualquer rumor
Que aquele paraíso fosse a mim admitir.
Não era um bom partido,
Tão bobo e reprimido,
Fui ter com a amargura e o comprimido pra dormir.

Sou um jovem senhor
Que ainda almeja o céu
Sorvendo este cigarro e esta garrafa com café.
Até provei do amor,
Do sem grinalda e véu,
Mais por falta de carro do que por nunca ter fé.
O meu templo venéreo
Tem cunho assaz funéreo
E apenas me remete a um fracassado cabaré.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir