Rapante

Raimundos

exibições 88.857

Eu falei que isso é uma porra!

Arrocha o jegue parto pra mesma rotina
Já são quatro da matina e eu tenho que me virar
Comendo a pedra eu desenvolvi a proteína
Que nenhuma cocaína dá a força que ela dá êh!
Lá onde eu moro é onde ninguém fica à toa
O rabo arranca e o peido avoa ninguém para de cagá
Menina linda na parada de baú
Se pego meio tocada acho que vou te torar
Ôôôuuu

A tal da pedra me faz virar noite e dia
Vou a pé até a Bahia e não paro pra descansar
E não ofende o aparelho digestivo
É só um dispositivo que eu tenho para falar
Sem ela eu não falo
Com ela eu não me calo
Menina de Brasília ou de qualquer lugar
Ouça o que o paraíba ''féla'' da puta aqui tem pra dizer

Arrocho o jegue parto pra mesma rotina
Já são quatro da matina e eu tenho que me virar
Comendo a pedra eu desenvolvi a proteína
Que nenhuma cocaína dá a força que ela dá
Lá onde eu moro é onde ninguém fica à toa
O rabo arranca e o peido avoa ninguém para de cagá
Menina linda na parada de baú
Se eu te pego meio tocada acho que vou comer teu cu
Simbóra!

Menina ô!
Parada de baú!

Menina ô!
Parada de baú ô!

E a tal da pedra me faz virar noite e dia
Vou a pé até a Bahia e não paro pra descansar
E não ofende o aparelho digestivo
É só um dispositivo que eu tenho para falar
Sem ela eu não falo
Com ela eu não me calo
Menina de Brasília ou de qualquer lugar
Ouça o que o paraíba ''féla'' da puta aqui tem pra dizer

Menina ô!
Parada de baú!

Menina ô!
Parada de baú!

Menina ô!
Parada de báu!

Menina ÔÔÔÔ!

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir