Uabarrêba

Raimundos

exibições 13.414

Não há barreira que possa segurar
A pororoca que vem lá do mar
Dessa maneira você pode rir
Eu quero ver o cabra macho que não vai chorar
Nem barulheira que possa impedir
Se bate sono eu quero dormir
E nem porteira forte de porte que suporte
Essa boiada ainda vai fugir
Tudo vai ruir

A labareda sobe o vento morde
Fura o céu, aquecendo o ar
Sonhei contigo, 24 no bicho
Com esse olho doido como quer enxergar?
Que cê faz aqui?
Se adianta!

Todas empinadas estão lindas demais
Cantam em verso e trovas as ações que atraem a fúria do planeta
Tão plantando o ódio, querem colher a paz
Safo pelo gongo antes que o fim passe por aqui

Vê se não arreia, sacode essa poeira
Que é besteira não querer mudar
Sol com peneira, você sabe disso
É pior que maçarico para te queimar
Ô sua parteira, faça a sua parte
E reparte antes de partir
Nossa chuteira agora é passe livre
Bola na rede é o que me faz sorrir
Que cê faz por mim?
Se levanta!

Todas empinadas estão lindas demais
Cantam em verso e trovas as ações que atraem a fúria do planeta
Tão plantando o ódio, querem colher a paz
Safo pelo gongo antes que o fim passe por aqui

Não adianta
Eu li, tá escrito o que é melhor
A bula pra curar pavor
Aperta o cinto, vai subir
A minha treta hoje foi menor
Eu sigo meu caminho e não corro só
Prezo todos meus amigos que se foram
Mamãe, quero saber onde isso vai dar
Nossos filhos não merecem pó
Eu sei, o que acredito é ainda maior
Se lembra que o mundo não se fez sozinho?
Está louco de cara, falei pronto, e fim

Add a playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir