exibições 13

Jardim Secreto

Rapsat Pierre


Fale comigo sem modéstia
De tudo que você tem no seu coração
Diga-me, diga-me
Você já cruzou a felicidade?
E tudo o que não dizemos
Mantenha em seu coração

Não espere, me diga
Mesmo que isso não me preocupe
Fale consigo mesmo, fale sozinho
Eu não posso fazer isso
Nunca palavras vêm
Eu não sei porque
Diga-me

Ela treme de alegria, tristeza
Revolta, confesse
Sua voz é uma carícia
De que maneira da infância
Você perdeu a inocência?
Lembre-se e me diga
Você gostaria que ela recomeçasse?
Você tem muitos arrependimentos?
Falhas, sucessos

Me diga e me diga
Você tem um jardim secreto?
Fale consigo mesmo, fale sozinho
Eu sou muito desajeitada
Especialmente não pare, não pare

Diga-me
Que seja cheio de promessas
Ou um grito de angústia
Sua voz sempre me acaricia
Eu nunca soube falar
Eu sempre escutei
Tudo que eu sinto

É através de você que eu ouço
Conte-me sobre sua raiva
Você ainda é sincero?
Diga-me, sim me diga
Você está feliz ou amargo?
Me revele seus desejos

O que te faz corar
Mesmo baixo me diga
Você já odiou
Fale consigo mesmo, fale sozinho
Eu não posso fazer isso
Nunca palavras vêm
Eu não sei porque

Diga-me
Ela treme de alegria, tristeza
Revolta, confesse
Sua voz é uma carícia
Que seja cheio de promessas
Ou um grito de angústia
Sua voz sempre me incomoda

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog