Foto do artista Reginaldo Bessa

Não Se Morre de Mal de Amor

Reginaldo Bessa


Não se morre de mal de amor
Só se morre quando se quer
Por mais forte que seja a dor
Ela vai se outro amor vier

Nunca deixes que uma tristeza
Mate a beleza do teu viver
E procura em cada saudade
Maior vontade de outro amor ter

Não se morre de mal de amor
Só se morre quando se quer
Por mais forte que seja a dor
Ela vai se outro amor vier

Faz de conta que tudo passa
Como a fumaça que o vento traz
Não existe coisa mais triste
Que não querer amar nunca mais

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir