Mergulhar nos olhos
De um possível amor
Livre como tudo deve ser
É cruzar "veloz"
Com todos os medos
Em outra direção

Incomunicável
Numa bolha de sabão
Guiada pela respiração
Enlouquecida e quente
De um inquieto furacão

Responder aos abismos
De um tempo atrás
Com palavras criadas pelo querer
E dizer então
Que tá tudo guardado
Numa constelação

Intraduzível
Como céus de outono
Invencível como herói
Infindável como um grão
Visível só pra nós

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir