Faltavam minutos para o sol se por
E o homem que buscava inspiração
Deitou-se no chão e deixou as formigas
Atravessarem o papel branco sem pressa
Pensou pra onde iriam as almas dos bichos e
Em algum sentimento que não tivesse nome
O horizonte foi levando todas as luzes
E as sombras tornaram-se gigantes calados
Emoldurou centenas de rostos na tarde vermelha
E inventou cores para as aves e os aviões
Viu as árvores reverenciarem o vento
E deixou-se tocar pelas suas mãos

Fechou os olhos e somente os navios
E suas bandeiras esvoaçantes
Faziam um barulho distante
Arrastando o tempo pro outro lado
Da Terra

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir