Abaixe seu rosto
Então deixe o suor cair
Sobre o meu peito
Eu estou tão absorto que isso te faz sorrir
Feche seu corpo
Não, nunca me deixe sair
E como eu tentei me esconder dos seus dons
Em vão, em vão....

Hoje eu acordei mais cedo
E não consegui dizer
O quão fechado estava o tempo
Eu não quis sair porque
Hoje amanheceu chovendo
Então eu preferi olhar os seus olhos entreabertos
Censurando o vento

Limpe o seu coração
Deixe o amor fluir mesmo imperfeito
Não, nunca me deixe sair
E como eu tentei me esconder dos seus dons!
Em vão...

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir