exibições 20.905

O Silêncio Dos Inocentes

Zé Ramalho


Eu quero que você se aproxime
Do meu peito, do meu lado
E sinta o tremor que me sacode
Quando estou iluminado
É o clarão dos aviões, dos animais
Das perdidas inocências
Das primeiras confidencias
Das segundas intenções

Eu quero que você não interrompa
Quando o beijo está colado
Mas ponha sua mão na escuridão
Desse corpo já tomado
É a razão dessa manhã, desse cristal
Do silêncio dos inocentes
Combinando com a gente
Condenando a solidão

Quanto mais ousamos
É diferente
Quando penetramos
É profundamente no amor
É profundamente no amor
É profundamente

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir