exibições 2.636

Sensações Brancas

Zé Ramalho


Por entre pernas e ancas,
Um brilho vê-se no espelho
Invadem sensações brancas
Que valem mais que um conselho
Que eu não dou
Não dou nem quero a disputa
Nem amizade sem arte
Só quero vencer a luta
Ou me transportem pra marte
Que eu vou
Aonde for a história
Estou naquela fileira
Ah! Se eu pudesse que a glória
Me desse a chance de vê-la
Oh ! Por favor
Alguma coisa descia
Deixando no ar um cheiro
E o sangue corre apressado
Mais que o rio de janeiro

Oh ! Fon ! Fon !
Mais uma chave destranca
A porta desse mistério
E passarão quem aspiram
As linhas do hemisfério

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir