A minha dor de cabeça não passa
Quando você sai sozinha
Eu ainda vou colocar um letreiro
Avisando que você é minha

É melhor prevenir do que remediar
Pra você não ficar escutando abobrinha
Conversa pra boi dormir
Estória da carochinha
Depois dessa providência não tem mais ciência, é só alegria
Xô, gavião, sai daqui, sai pra lá
Vai zoar em outra freguesia

Por questão de segurança
Pra ninguém gavionar
Eu confio no meu taco
Mas não gosto de arriscar

De repente, o malandro indeciso
Vai ler o aviso e vai considerar
Porque quem come veneno sabendo
Ta mesmo querendo ir pro lado de lá

A minha linda donzela
Chega na janela, já tem pretendente
Cobra velha arma o bote
Mas sai no pinote
Porque não tem dente

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir