exibições 439

Viola Inviolável

Bilora


Viola minha despertou
Cantou libertação
Nas mãos um mi maior
E bem maior que Sol
Redescobrindo a raiz
Dos tempos do sertão
Braços dados, mesma causa
Identificação
Ta nos olhos das meninas
E no coração do meus país.

Violejou a ilusão
Inconsciência
No canto que se faz
Inteiramente são
Lua no céu é proteção
Na terra não tem rei
Cada movimento, um sentimento
E uma razão.
A cidade ruraliza
E a realidade realiza...

Deixa eu cantar sossegado
As coisas do lado de cá
Quem sabe a mocidade
De lá da cidade ouça!...
Abra um espaço agora
Que o som da viola não morreu.

Viola minha despertou
Cantou outra canção
Que não se ouvia mais
Jamais aqui no chão.
Reconstruindo o nosso chão.
Fazendo outra versão.
Viola inviolável, viverás em mãos
Os produtos importados
Comércio eletronizado
Nunca, nunca vão lhe destruir.

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir

Posts relacionados

Ver mais no Blog