De cantora teen a diva do pop: confira a biografia de Ariana Grande

Conheça o artista · Por Camila Fernandes

25 de Junho de 2019, às 07:00

Que Ariana Grande é uma diva do pop todo mundo já sabe, mas você sabia que ela começou a carreira no teatro e já até atuou na Broadway? A cantora tem só 25 anos de idade, mas já trabalha no mundo artístico há quase 20!

Preparamos um resumo com os principais marcos da carreira de Ariana, desde a época dos musicais até o sucesso de hoje. Bora conferir?

Protagonista de musicais e estrela teen da Nick

Ariana Grande-Butera nasceu no dia 26 de junho de 1993 em Boca Raton, na Flórida. Desde muito pequenos, ela e o irmão, Frankie Grande, sempre se interessaram pelo universo artístico, especialmente pelos musicais. Ainda bem novinha a menina protagonizou versões de Annie, O Mágico de Oz e A Bela e a Fera.

Confere só a Ariana cantando Celine Dion quando era bem pequenininha:

Aos 15 anos ela estreou na Broadway com o musical 13, e pouco tempo depois foi escalada para o elenco principal da série Victorious, do canal Nickelodeon. A série estreou em 2010 e marcou uma nova fase na carreira de Ariana Grande, agora vivendo em Los Angeles e ganhando notoriedade dentro e fora do país. Como nunca foi de fazer uma coisa de cada vez, ela também mantinha um canal de covers no YouTube.

Ariana Grande em Victorious
Ariana Grande como Cat Valentine, sua personagem em Victorious / Créditos: Divulgação

Com o fim da série, Ariana continuou interpretando Cat Valentine no spin-off Sam & Cat, que unia as personagens de Victorious e iCarly. A série foi encerrada em 2014, por causa da carreira musical da Ari.

Princesinha do pop

Em 2011, Ariana assinou seu primeiro contrato com a gravadora Republic Records e já começou a trabalhar na produção de seu álbum de estreia. O single de lançamento, Put Your Hearts Up, saiu no mesmo ano e Ariana foi chamada de “princesinha do pop adolescente”.

O trabalho de composição e de gravação do álbum durou cerca de dois anos e Yours Truly foi finalmente lançado em setembro de 2013. A música mais aclamada do disco foi The Way, em parceria com o rapper Mac Miller.

Antes de terminar a divulgação de Yours Truly, que alcançou o primeiro lugar no Billboard 200 em sua semana de estreia, Ariana já estava com mais um projeto: o fofíssimo EP natalino Christmas Kisses. No ano seguinte ela lançou um projeto parecido, incluindo o sucesso Santa Tell Me, que rendeu comparações com o clássico All I Want for Christmas Is You, de Mariah Carey.

Chuva de hits e primeira turnê mundial

No início de 2014 Ariana já começou a trabalhar com seus produtores para o lançamento de seu segundo álbum de estúdio, My Everything. O disco foi lançado em agosto e também estreou em primeiro lugar no Billboard 200, mas seus singles já tinham feito muito sucesso antes disso. Problem, com a rapper Iggy Azalea, foi a música mais vendida de 2014 e Break Free, com o DJ Zedd, ficou em 4º lugar na Billboard.

No início de 2015 a cantora deu início à sua primeira turnê mundial, The Honeymoon Tour, que teve 84 shows. A última apresentação da tour foi no Brasil, e gerou muitas reclamações entre os fãs por ter sido justamente no segundo dia de provas do Enem.

Dangerous Woman

Enquanto viajava em sua primeira turnê mundial, Ariana já trabalhava em Dangerous Woman, que foi oficialmente lançado no dia 20 de maio de 2016. Além do single que dá título ao álbum, em 2016 a cantora também emplacou hits como Into You e Side To Side.

Capa do álbum Dangerous Woman de Ariana Grande
Capa do álbum Dangerous Woman / Créditos: Divulgação

Mantendo o histórico do álbum anterior, Dangerous Woman foi sucesso de vendas, recebeu duas indicações ao Grammy e ficou em segundo lugar no Billboard 200. A turnê de divulgação começou em fevereiro de 2017 e teve dois shows no Brasil.

Atentado em Manchester

No dia 22 de maio de 2017, logo após o encerramento do show de Ariana em Manchester, Inglaterra, aconteceu um atentado terrorista no local, que deixou 22 mortos e mais de 100 feridos. Apesar do trauma, a cantora decidiu prosseguir com a turnê e anunciou que voltaria a Manchester no dia quatro de junho para um show beneficente em prol das vítimas do atentado.

O show ficou conhecido como One Love Manchester, e contou com a participação de vários artistas, como Miley Cyrus e Justin Bieber. Ao todo, o evento arrecadou mais de 10 milhões de libras e seus 50 mil ingressos esgotaram em menos de seis minutos.

Dá uma olhada na apresentação do The Black Eyed Peas com a Ariana da música Where Is The Love:

Sweetener e thank u, next — dois álbuns em menos de um ano

O atentado em Manchester e várias situações pessoais que o seguiram inspiraram as canções do quarto álbum de estúdio da cantora, Sweetener, que tem letras bem mais pessoais e trata de assuntos profundos.

A música breathin, por exemplo, fala sobre crises de ansiedade, enquanto no tears left to cry e get well soon foram inspiradas no trauma deixado pelo atentado. O álbum ainda traz a música God is a woman, que é um verdadeiro manifesto feminista.

Sweetener tem uma sonoridade bem diferente dos trabalhos anteriores da cantora, e rendeu a Ariana seu primeiro Grammy. Saiba mais na análise completa do álbum!

Morte de Mac Miller e fim do relacionamento com Pete Davidson

O álbum Sweetener foi lançado em agosto de 2018 e uma nova turnê mundial já estava sendo planejada. Entretanto, no dia 7 de setembro do mesmo ano, faleceu o rapper Mac Miller, amigo e com quem Ariana namorou por 2 anos. Um mês depois, a cantora terminou o noivado com o comediante Pete Davidson, a quem havia dedicado uma música em seu álbum Sweetener.

Ariana Grande e Mac Miller
Ariana Grande e Mac Miller quando namoravam / Créditos: Divulgação

Depois de todo o ocorrido, Ariana Grande decidiu adiar sua nova turnê por tempo indeterminado e começou a trabalhar na produção de seu quinto álbum. Quando recebeu o prêmio de Mulher do Ano de 2018, pela Billboard, ela afirmou que aquele havia sido o melhor ano de sua carreira, mas o pior de sua vida. 😢

thank u, next

thank u, next foi lançado só sete meses depois do disco anterior, e todas as músicas do álbum entraram no top 40 da Billboard. Além disso, a cantora conseguiu ocupar sozinha o top 3 do ranking, empatando com o recorde dos Beatles.

Capa do álbum thank u, next de Ariana Grande
Capa do álbum thank u, next / Créditos: Divulgação

Em uma das entrevistas de lançamento do álbum, Ariana afirmou que thank u, next foi uma verdadeira terapia. Todas as músicas foram compostas com a ajuda de amigos e são inspiradas em situações muito pessoais — na música que dá nome ao álbum, por exemplo, ela cita até nomes dos ex-namorados. Confira a análise completa do álbum!

Evolução e amadurecimento

Deu para perceber que o trabalho de Ariana Grande já mudou bastante desde seu primeiro disco. Com trabalhos mais maduros, ela parece cada vez menos preocupada com o lado comercial e mais dedicada a trabalhos experimentais — quem pode, pode, né?

Para mostrar as mudanças no estilo da cantora preparamos uma super playlist com a evolução de Ariana Grande, confira!

Playlist A evolução de Ariana Grande

Gosta de biografias? Temos mais posts pra você!