Clube dos 27: músicos que morreram aos 27 anos

Curiosidades · Por Elaine Caroline

1 de Agosto de 2020, às 19:00

O mundo da música tem muitas coincidências, e infelizmente algumas são trágicas. O Clube dos 27 é uma delas: um número alto de músicos e artistas que morreram aos 27 anos, sendo por abuso de drogas ou de formas violentas, como suicídio e acidentes. 

Amy Winehouse, que faz parte do clube dos 27
Amy Winehouse / Créditos: Divulgação

Muitos deles estavam auge da carreira quando aconteceu e muita gente teoriza em cima desses acontecimentos. Alguns estudos sugerem que a taxa de mortalidade de jovens artistas é mais alta do que de jovens comuns

A fama e a proximidade de ambientes tóxicos são, para muitos, alguns motivos para que esse Clube dos 27 exista. Mas, até onde sabemos de fato, todo misticismo e teorias sobre o tema não passam de especulação.

Embora muitos desses artistas tenham perdido a vida na década de 60 e 70, esse fenômeno infelizmente voltou se a repetir nas últimas décadas. O que fica é a saudade, a memória e a trajetória artística incrível deles nas nossas vidas até hoje.

As maiores perdas do Clube dos 27

Grandes e talentosíssimo artistas foram vítimas dessa terrível coincidência e vamos relembrar as principais perdas desse clube.

Jim Morrison

O cantor e compositor Jim Morrison ficou conhecido por liderar a banda The Doors, uma das bandas mais influentes de rock psicodélico e blues rock.

Jim Morrison
Créditos: Divulgação

Conhecido por sua voz marcante e autor de letras inesquecíveis, Jim Morrison desenvolveu uma forte dependência a álcool e drogas após o sucesso repentino de sua banda. 

Em 1971, Jim Morrison foi encontrado morto em seu apartamento em Paris. Algumas pessoas acreditam que sua morte foi causada por overdose de heroína, porém a autópsia do corpo nunca foi realizada e a causa continua sendo incerta. O laudo oficial constatou ataque cardíaco.

Jim é considerado um dos melhores vocalistas do rock e o The Doors se tornou um clássico.

Jimi Hendrix

A causa da morte do lendário cantor e guitarrista Jimi Hendrix ainda é motivo de discussão entre algumas pessoas. Hendrix foi encontrado morto em 1970 no quarto de hotel de Monica Dannemann, pintora e namorada do guitarrista. 

Jimi Hendrix
Créditos: Divulgação

As circunstâncias eram super estranhas: Hendrix morreu asfixiado no próprio vômito, foram encontrados nove tipos de soníferos em sua corrente sanguínea e uma quantidade anormal de vinho em seu organismo. 

A autópsia nunca foi conclusiva, pois demorou 12 dias após sua morte para ser feita, e abre espaço para muitas teorias. Alguns acreditam que Jimi pode ter se suicidado ou ter sido assassinado

Confira as melhores músicas de Jimi Hendrix

Brian Jones

Brian Jones foi cantor, compositor e um dos membros fundadores de uma das bandas mais clássicas de rock do mundo da música: The Rolling Stones

Brian Jones
Créditos: Divulgação

Conhecido por seu estilo e sua vida 100% sexo, drogas e rock and roll, Brian Jones foi encontrado por sua namorada já sem vida no fundo da piscina de sua casa em 1969, aos 27 anos. 

O filme Stoned, de 2005, sugere que a morte de Jones tenha diso causada por Frank Thorogood, então empreiteiro que trabalhava em sua casa na época. Supostamente Frank confessou o crime para sua filha antes de morrer em 1993. 

Embora isso seja uma resposta para muitos fãs que ainda não entendem a morte do músico, essa versão nunca foi confirmada e até seu ex-companheiro de banda, Keith Richards, duvida dessa hipótese.

Sua morte é encarada por muitos como um possível assassinato e é investigada até hoje.

Janis Joplin

Dona de uma voz inconfundível e um talento ímpar, Janis Joplin foi uma cantora e compositora que estourou no mundo da música no fim dos anos 60.

Janis Joplin
Créditos: Divulgação

Em 1970, Janis passou por fases turbulentas entre relacionamentos amorosos e recaídas por drogas. 

Após alguns meses de uso excessivo de heroína, Janis procurou ajuda psiquiatrica para tentar superar seu vício. Porém, em outubro do mesmo ano, Janis teve outras recaídas.

Após não aparecer para gravações no estúdio, seu empresário Joe Cocker foi até o hotel onde Janis estava hospedada, arrombou a porta e a encontrou morta.

Aos 27 anos, Janis morreu por overdose de álcool e heroína.

Kurt Cobain

O lendário líder, cantor e guitarrista da clássica banda grunge Nirvana também teve um fim trágico ainda com 27 anos.

Kurt conviveu e sofreu com vício em heroína, doenças físicas e mentais e pressões sociais como a exposição pública e fama. 

Kurt Cobain
Créditos: Divulgação

O cantor foi encontrado morto em sua casa, 3 dias depois sua morte. A causa da morte foi um tiro de espingarda em sua cabeça.

A causa de sua morte é até hoje algo debatido por seus fãs e tem muitas teorias conspiratórias: alguns acreditam que sim, Kurt Cobain se matou, pois foi encontrada junto a ele uma carta de despedida; outros acreditam que ele foi assassinado. 

Tom Grant, investigador particular que foi contratado por Courtney Love, é o principal responsável por esta hipótese de homicídio. Ele alegou alguns pontos que levantam essa teoria: após sua morte, uma pessoa tentou usar seu cartão de crédito.

Além disso, o nível de heroína em sua corrente sanguínea era tão alta que Grant argumenta que Cobain não teria capacidade de injetar essa quantidade e, ainda assim, puxar o gatilho.

Amy Winehouse

A talentosíssima cantora e compositora britânica Amy Winehouse sofreu com o vício em drogas e álcool por grande parte de sua vida adulta.

Amy Winehouse
Créditos: Divulgação

Amy era constantemente explorada e exposta por tablóides e paparazzis ingleses, o que alavancou uma exposição pejorativa em todo o mundo.

Em contraste com sua carreira muito bem sucedida e números impressionantes nas paradas de sucesso, sua vida pessoal estava declinando rápido

A prisão de seu então namorado Blake Fielder-Civil, em 2007, afetou a cantora profundamente e ela preferiu cancelar apresentações. Nos próximos anos, Amy era constantemente flagrada alcoolizada e sob efeito de drogas na rua. Perdeu dentes e emagreceu severamente.

Seu estado emocional delicado e pessoas tóxicas ao seu redor a fizeram afundar ainda mais no abuso de drogas. Em 2011, após um período de abstinência, Amy ingeriu uma quantidade alta de álcool que resultou em uma parada respiratória.

Devido a seu sistema nervoso estar muito debilitado por inúmeros casos de convulsões e deterioração por substâncias ilícitas, Amy acabou falecendo.

Confira a história por trás da música Valerie, de Amy Winehouse.

André Pretorius

De origem sul-africana, o músico André Pretorius foi um dos integrantes fundadores da banda Aborto Elétrico (banda que deu origem a bandas super importantes para o rock brasileiro como Capital Inicial e Legião Urbana). 

André Pretorius
Créditos: Divulgação

André era grande amigo de Renato Russo e Fê Lemos, os outros integrantes da banda. Entre indas e vindas da África do Sul, onde serviu militarmente, e Estados Unidos, onde se casou e se divorciou, André começou a usar heroína e abusar da droga. 

Em 1988, quando morava em Frankfurt, na Alemanha, com sua avó materna, André Pretorius morreu de overdose.

Alguns acreditam que foi proposital e que o músico se suicidou, mas essa teoria nunca foi comprovada.

O legado continua ♥

E você, já conhecia o Clube dos 27? O que acha sobre isso? Embora tenhamos perdido esses talentos tão novos, somos privilegiados por termos recebido tanta genialidade através das obras deles – por mais que por pouco tempo. 

Esperamos que essa coincidência não aconteça mais e que possamos aproveitar mais muuuuitos anos dos nossos jovens artistas hoje em dia.

Receba os melhores posts do blog em seu e-mail

Assine a newsletter gratuitamente e descubra mais sobre o mundo da música


Por favor, insira um e-mail válido.

Obrigado por assinar a nossa newsletter! 😊

Ops, rolou um erro na inscrição. Tente novamente mais tarde.