Foto do artista Caminho Neocatecumenal

Ao Despertar, Me Saciarei do Teu Rosto, Senhor

Caminho Neocatecumenal


Ao despertar,
Me saciarei do teu rosto, Senhor
Ao despertar,
Me saciarei do teu rosto, Senhor.

Escuta, Senhor, minha oração,
Atende, Senhor, ao meu clamor.
Presta ouvido a minha súplica
Que meus lábios não traem, Senhor
Emane de ti a sentença.
Os teu olhos vejam,
Os teu olhos vejam a retidão

Escuta, Senhor, meu coração
Escuta-me de noite, Senhor.
Prova-me ao crisol,
Prova-me ao crisol,
Porque tu sabes que não há
Malícia em mim.
A minha boca não mente
Como Fazem os homens
Pois guardei a tua palavra, Senhor.
Evitei o caminho violento,
Por teu caminho guiei os meus passos
E não vacilarei, e não vacilarei

A ti grito, Senhor.
Concede-me, Senhor, uma resposta.
Mostra-me os prodígios do teu amor
Porque tu salvas quem confia em ti,
Porque tu ajudas
Quem apóia na tua destra.
Como pupila dos teus olhos, guarda-me;
A sombra das tuas asas, esconda-me;
Olha, que querem matar-me

Olha-os, estão fechados no seu orgulho
Falham com arrogância as suas bocas.
Avançam contra mim,
Avançam contra mim,
Ajuda-me tu, ó Senhor;
Livra-me dos homens deste mundo,
Dos homens cujo prêmio é esta vida.
Cumula-os dos teus bens, Senhor.
Enche-lhe o ventre
E que seus filhos se saciem.
Que eu ao despertar,

Que eu ao despertar,
Me saciarei do teu rosto, Senhor

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir