O anjo torto nasceu do broto azul do brasil
Nascia torto feito se nasce torto nesse anil

O anjo bruto saiu tão puto, pegou o fuzil
Tomou, bateu, cuspiu, cresceu, escondeu, sumiu

Afundou na lama raivosa
Rosa que eu vejo ele não viu
Manjado, mijado e rapina
Alma latina do Brasil

Bateu na porta errada, entrou no coro e não saiu
Bebeu na lata suja a sorte suja desse ardil
Esse anjo troto, pé de pato, maltrato desse anil
Com as cores da bandeira brasileira grita Brasil

Deita verde e amarelo
Assim com fome de um barril
Verde e amarelo
Perde o belo dia desse anil

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir