exibições 639
Foto do artista Cria da Quebra

Pra mim não importa se você tá de mil e cem ou hayabusa, ou quantas molas tem na porra do tênis que usa
Não faço rap pra portar original da lacoste, é pra evitar que sua mãe cole sulfite no poste
Com a foto em preto em branco, do seu herdeiro sumido
Igual cachorro sem coleira, escrito "desaparecido"
Faço rap porque a grana vida me fez pobre
Mesmo onde uns se envergonham, acho minha causa nobre
O que motiva fazer rap vai além dos real... Cansei de ver meu meu povo em programa policial
Cansei de ver meu povo jogado em meio ao lixo, mais do que ver a causa própria eu vivo isso
Priorizei na cultura resgatar através do rap, pro meu som ecoar mais alto que os click-clack
É baseado em vidas, sem expor situações
Sei que tiro na cara, ecoa por gerações
Minha mãe me fez os venenos criou adotivo
Onde Deus condena os pecados, mas entende os motivos
Minha causa é justa onde vários morrem pelo cifrão, eu dou valor pros de laranja indo atrás do caminhão
Catando lixo, planta fé onde a colheita é ódio
Porque nós é primeiro, ou nem quer tá no pódio
Porque a dor do passado calejou pro futuro
O céu tá cheio de chilena e eu to empinando puro

Vamos vencer a vida
Vamos vencer a vida

Semeio fé em terra fértil desde criança
Planta mentira ontem, hoje colhe desconfiança
Bobo da corte um dia cansa de ter que agradar rei, cansa de seguir regras cria suas próprias leis
Seja homem nessa porra, assuma tudo que fez
Onde vitória é o inimigo respeitar vocês
Protagonista de batalha do beco mais sujo, exemplo pra inspirar pivetada no futuro
Vamos vencer essa guerra, tipo a de sun-tzu
Viver história de vitória em prol de vida ser mais um
O rap ta parando? Abraça parça
Se ele é um carro nois representa a sétima marcha
De contramão do sistema, vivenciando os dilemas provando que os alphaville não é melhor que os diadema
Não é milagre o que prometo, sei na pele que é osso
Vitória é merecimento, fruto do próprio esforço
Não é pra almejar descida, suor é nossa essência
Subida é árdua, mas te lucra com a porra da resistência
Não é sombra e água fresca que muda nossa conduta, foi sede e sol na cara que calejou pra luta
Isso o tempo ensina, se aprende quando envelhece o frágil te fragiliza o difícil te fortalece
Não escolhi fazer rap não mano, vai vendo
Eu faço hoje em dia porque escolhi ser eu memo

Vamos vencer a vida
Vamos vencer a vida

Nos campos de batalha, sofrimento é lógico
Descobre a dor que afeta o psicológico
A mãe que vê evolução da bíblia queria ta morta
Por que é o sangue do primogênito que tá porta
Desigualdade é rotina onde o aluno ensina pro professor que o gueto tem sua própria disciplina
Te apresento os dias de luta, me mostre os de glória
Quem perdeu a vida inteira, não quer só uma vitória
Não se contenta, se orienta, sabe o que é real
Quem caminhou sobre sangue com havaiana tradicional
O que é vitória pro'cê mano? Hein, me diz
Se corrente de ouro é o que faz mesmo feliz

Vamos vencer a vida
Vamos vencer a vida

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir