exibições 32.409
Foto do artista Dead Fish

Tupamaru

Dead Fish


Quem pode continuar vivendo sob a mira da sua praxis
Nessa agenda de prosperidade, só quem perde sou eu
A vida é bem diferente do que vejo na TV
Aprendendo a ser escravo dócil com sua informação

Traduzir acenos de quem determina
Acalma a multidão
O sorriso de ódio que se aproxima
Pronto pra se espatifar

Muros de vergonha, documentos seletivos
Mais de uma fronteira de um só lugar
É para a segurança de quem pode pagar
Quem sobra, quer dançar
Se todos tem liberdade
Se palavras tem valor
Porque não posso entrar

Mais uma campanha, mais de nosso esforço
Promessas que todos fingem aceitar
Encher de água o que foi cercado
Se não me inclui, ninguém vai festejar

Muros de vergonha, documentos seletivos
Mais de uma fronteira de um só lugar
É para a segurança de quem pode pagar
Quem sobra, quer dançar
Se todos tem liberdade
Se palavras tem valor
Porque não posso entrar?

Sua guerra, meu dinheiro
Suas armas, o meu sangue
Se não dançam todos, não dança ninguém
Sua produção, meus braços
Seu lastro, o meu trabalho
Se não dançam todos, não dança ninguém
Não dança ninguém
(Não dança ninguém)

Adicionar à playlist Tamanho Cifra Imprimir Corrigir